Mostrando postagens com marcador Adormecida. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Adormecida. Mostrar todas as postagens

domingo, 11 de dezembro de 2011

Bela Adormecida

Esta formosura entre as flores, delicada,
Com singeleza adormecida e refulgente,
No aconchego entre as rosas, enfeitada;
É uma beleza, desgraçada e inocente!

É uma dor, que neste cândido momento,
Com os encantos divinais da alma flórea,
Com as belezas do mais puro sentimento;
Verto prantos malfadados desta história...

Pois com sonhos de amor acalentei,
Com as flores mais bonitas que ofertei,
Nos enlevos divinais e esfuziantes...

Fiz preces pra adornar os seus caminhos,
Com louvores, com lirismos e os carinhos,
E este amor mais profundo do que antes...